Mãe a profissão do futuro

Tenho muita admiração pelas professoras, pelas mães. Acredito que cuidar e educar os filhos e as crianças é uma importante missão, que poucos conseguem compreender nos dias atuais. Afinal, o futuro da nossa humanidade é construído a partir das sementes que depositamos aos corações dos pequenos no dia de hoje. A sociedade de certa forma se desviou em julgar e classificar as pessoas por sua profissão e salário, esquecendo-se da base que constrói verdadeiramente o futuro.

Em uma sociedade onde se trabalha tanto para satisfazes os padrões de consumo, onde fica o tempo para cuidar dos filhos? Crianças e principalmente bebês precisam de amor, carinho, paciência, calor humano e afeto... Algumas formas de nutrição que deveriam vir dos pais, pois, é deles que é esperado. É válido o esforço para dar uma “vida melhor” aos filhos, todavia, quais os conceitos que estamos nos apoiando para dar uma vida melhor? Exercemos pressão social e preconceito com mulheres (ou homens) que optam por cuidar do lar e dos filhos, como se a única forma de mostrar valor fosse através do status que o meio corporativo oferece. Por vezes nos esquecemos que brinquedos não curam o sentimento de abandono.

Em uma nova sociedade com consciência próspera, ser mãe (ou pãe - rs) e dedicar-se aos filhos será visto como a profissão do futuro, com valor e respeito. Acho que os anjos e as mães tem missões semelhantes, ambos amparam, cuidam, educam, direcionam, protegem, se permitem servir de forma tão altruísta e verdadeira... Respeito e admiro as mães, que assumem sua grandiosidade em fazer o que acreditam, em trabalhar no que irá perdurar por toda a eternidade, o amor no coração dos filhos.

 

De um pai, de um filho,

 

Diogo Guedes

No Comments Yet.

Leave a comment